Concorrência concurso PF (Polícia Federal) divulgada para todos os cargos

Posted on
Concorrencia-concurso-pf-policia-federal

Concorrência do concurso da (PF) Polícia Federal

O concurso da (PF) Polícia Federal para 600 vagas de escrivão, delegado e perito teve 166.052 inscritos. As provas objetivas e discursivas serão aplicadas no dia 21, no próximo domingo (21/07/2013). Quem se candidatou para as vaga de escrivão e perito, começarão a fazer a prova objetiva às 8h atè às 13hs; já para delegado, a prova objetiva começará às 8hs e já as 14hs começará a prova discursiva. Os locais de provas devem ser consultados no site do organizador por cargo: Perito, Escrivão e Delegado.
No dia da prova, os candidatos devem comparecer aos locais determinados com antecedência mínima de uma hora (às 7h, portanto. E às 13h, no caso da prova discursiva de delegado. Sempre considerando o horário de Brasília), munido apenas de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada material transparente, do comprovante de inscrição ou do comprovante de pagamento de inscrição, além do documento de identidade original.

Concorrência do concurso da PF por cargo

Cargo

Inscritos

Vagas

Candidatos por vaga

Delegado

46.633

150

310,89

Escrivão

83.619

350

238,91

Perito Criminal Federal / Área 1

4.135

12

344,58

Perito Criminal Federal / Área 2

954

3

318,00

Perito Criminal Federal / Área 3

6.940

18

385,56

Perito Criminal Federal / Área 4

2.046

4

511,50

Perito Criminal Federal / Área 5

621

5

124,20

Perito Criminal Federal / Área 6

3.196

9

355,11

Perito Criminal Federal / Área 7

3.326

19

175,05

Perito Criminal Federal / Área 8

5.273

4

1.318,25

Perito Criminal Federal / Área 9

1.441

10

144,10

Perito Criminal Federal / Área 12

1.456

2

728,00

Perito Criminal Federal / Área 13

1.306

1

1.306,00

Perito Criminal Federal / Área 14

3.692

5

738,40

Perito Criminal Federal / Área 18

1.414

8

176,75

Em relação aos portadores de necessidades especiais, segundo a Assessoria de Imprensa do Cespe/UnB, 949 candidatos se declararam deficientes no ato da inscrição (502 no caso de escrivão, 306 no de delegado e 141 no de perito). O organizador ressaltou, no entanto, que esses candidatos serão submetidos, no decorrer do concurso a uma perícia médica, para analisar a sua qualificação como deficiente. A falta de reserva de vagas para pessoas com deficiência foi o que motivou o Supremo Tribunal Federal (STF) a suspender o concurso em julho do ano passado, até que a PF incluísse a cota nos três cargos, o que aconteceu em maio deste ano.

Além das provas escritas, o concurso da PF prevê exame de capacidade física, agendado para 14 e 15 de setembro, exame médico, avaliação psicológica, de títulos (para delegado e perito) e prova prática de digitação (somente escrivão), oral (apenas para delegado) e curso de formação. Os concursados serão lotados, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, e em unidades de fronteira (também no Paraná, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina), com remuneração inicial de R$7.887,33 (escrivão) ou R$14.410,11 (demais), já com o auxílio-alimentação, de R$373. A validade do concurso será de um mês, podendo dobrar



Link Quebrado?


Este artigo pertence ao Estudo para Concursos.