Concurso Banco Central (BACEN) – Edital até o final de julho

Posted on

Concurso-Banco-Central-edital-julho

Concurso Banco Central (BACEN) – Falta um mês

O edital para o concurso do Banco Central (BC) está previsto para ser publicado no fim de julho. O Cespe/UnB será o organizador do concurso do Banco Central (BACEN)e as provas, a princípio, serão aplicas em setembro. .

Concurso Banco Central – Vagas

O concurso para o Banco Central será para 515 vagas, sendo 100 para técnico, de nível médio, 400 para analista e 15 para procurador, ambos de nível superior. No caso de procurador, a formação exigida é o bacharelado em Direito, sendo necessário anida possuir pelo menos dois anos de prática forense.

Concurso Banco Central – Remuneração

A remuneração inicial oferecida é de R$5.531,23 para técnico, R$13.968,85 para analista e R$16.092,13 para procurador. As contratações do Banco Central são pelo regime estatutário, que dá direito à estabilidade, e os servidores ainda fazem jus a benefícios como o auxílio-alimentação, de R$373, já incluído nas remunerações informadas, e plano de saúde (com coparticipação). A carga de trabalho é de 40 horas semanais.

ADQUIRA A APOSTILA PARA O CONCURSO DO BANCO CENTRAL

Concurso Banco Central – Prazos

O prazo concedido pelo Ministério do Planejamento para a publicação do edital para o concurso do Banco Central (BACEN) é de até seis meses, a contar da autorização do concurso, ocorrida em 25 de março, indo, portanto, até 25 de setembro. O banco, no entanto, tem não deve utilizar todo o período disponível, sobretudo, em função da necessidade de fazer frente ao grande fluxo de saída de servidores por aposentadoria. Segundo o diretor de Administração da autarquia, Altamir Lopes, a expectativa do banco é de poder contar com os novos servidores no início do ano que vem.

Concurso Banco Central – Distribuição da vagas

O presidente do Sindicato Nacional dos Funcionário do Banco Central (Sinal), Daro Marcos Piffer, afirmou no último dia 18 que tudo indica que o concurso do Banco Central será regionalizado (com os candidatos podendo escolher no ato da inscrição a cidade onde desejam trabalhar) e com vagas para todas as dez capitais com unidades do banco (Brasília, onde fica a sede, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém). Procurado, o BC informou na última segunda-feira, dia 24, por meio da sua Assessoria de Imprensa, que não irá comentar o assunto. A distribuição das vagas do concurso por localidade, seja ele regionalizado ou não, e também por área de atuação só deverá ser definida após o processo de remoção interna, previsto para ser concluído no fim deste mês.

Concurso Banco Central – Etapas da seleção

Para técnico e analista, caso seja mantida a estrutura do último concurso, de 2009, os candidatos serão submetidos a provas objetivas, prova discursiva (apenas para analista), avaliação de títulos (dependendo da área de atuação), sindicância de vida pregressa e programa de capacitação. No caso de procurador, já está definido que haverá prova objetiva, três provas discursivas, prova oral e avaliação de títulos, sindicância de vida pregressa e curso de formação, e também que as provas serão aplicadas ao menos nas dez capitais com unidades do banco. O mesmo ainda não foi confirmado para os outros dois cargos.

Fonte: Folha Dirigida



Link Quebrado?