Concurso da ANTT 2013 – Agora é oficial! Edital até o final do mês

Posted on

image|concurso-antt-2013

Fases do concurso da ANTT

O 3º concurso da ANTT foi divulgado por meio de nota oficial pela Assessoria de Comunicação Social da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), reforçando a informação de que, até o fim deste mês, será publicado o edital de abertura. A última novidade foi a escolha da organizadora, o Cespe/UnB, para o concurso da ANTT. Com o documento saindo ainda este mês, provavelmente as inscrições, que serão aceitas pelo site do organizador, terão início também em maio. A distribuição das 135 vagas pelos estados, a taxa de inscrição e o cronograma ainda não foram divulgados. De acordo com o extrato de dispensa de licitação para a contratação do organizador, as provas serão aplicadas em Brasília (DF), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO). Assim, as 135 vagas, para cargos dos níveis médio e superior, deverão ser limitadas a estas localidades. Para técnico administrativo, serão oferecidas 10 vagas, e para técnico em regulação de serviços de transportes, 45. Ambos os cargos exigem nível médio. Já para o superior, são 17 oportunidades para analista administrativo e 63 para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres.

Cargos e Remuneração

Inicialmente, os ganhos para técnico administrativo são de R$5.064,18. Já para técnico em regulação de serviços de transportes, R$5.288,98. Os rendimentos para o nível superior são de R$9.567,20 para analista administrativo e de R$10.323,20 para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres. Além das remunerações, consideradas bastante atrativas, outro estímulo a mais para os interessados participarem da seleção é que a contratação dos aprovados ocorrerá pelo regime estatutário, que garante estabilidade empregatícia. O prazo de validade da seleção deverá ser de dois anos, prorrogável por igual período.

Último concurso da ANTT

br>Em 2008, foi realizado o último concurso da ANTT. O edital passado é a melhor forma de estudar para o atual concurso. Na ocasião, todos os candidatos foram submetidos a uma prova objetiva. Para o nível médio, houve ainda uma redação, e para os graduados, um exame discursivo e uma avaliação de títulos. Houve curso de formação somente para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres.

Fonte: Folha Dirigida

Link Quebrado?