Concurso Polícia Federal 2013 – Edital para 600 vagas em breve

Posted on

edital-concurso-policia-federal-em-breve

Publicação do edital para o concurso da Polícia Federal 2013

Deverão ser divulgados nos próximos dias os editais de retificação para a retomada do concurso da Polícia Federal (PF) 2013, para 600 vagas de escrivão, delegado e perito. Segundo informações da Coordenação de Recrutamento e Seleção (Corec) do departamento, questões burocráticas impediram a publicação das retificações até a última segunda-feira, dia 6.
O atraso na publicação, que inicialmente estava prevista para até o último dia 30, se deve à necessidade de assinatura de termo aditivo junto ao Cespe/UnB, organizador do concurso, a fim de incluir no contrato para organização do concurso da Polícia Federal 2013 a avaliação por junta médica para os candidatos deficientes, etapa que não está prevista na versão original do documento.

Edital anterior do concurso da Polícia Federal 2013

A seleção foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em julho do ano passado por não reservar vagas para pessoas com deficiência. A suspensão é válida até a retificação dos editais, com a inclusão da cota para deficientes. Segundo esclareceu o STF, a banca responsável pela seleção poderá declarar a inaptidão de candidatos cujas deficiências impeçam o exercício das atribuições inerentes ao cargo para o qual estiverem concorrendo. Ainda de acordo com o tribunal, os deficientes concorrerão em igualdade de condições com os demais candidatos.

Edital após retificação

Com a retificação dos editais, as inscrições no concurso da Polícia Federal 2013 serão reabertas para todos os interessados. O requisito básico para o cargo de escrivão é o ensino superior completo em qualquer área. Para delegado, é exigido o bacharelado em Direito, e para perito, a formação superior relacionada à área pretendida (conforme edital). Em todos os casos, também é necessário possuir a carteira de habilitação (B ou superior). Lotação do aprovados no concurso da Polícia Federal Os concursados serão lotados, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, e em unidades de fronteira, localizadas também no Paraná, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A validade do concurso será de um mês, podendo dobrar.

Etapas do concurso

A seleção será composta por provas objetivas e discursivas (previstas para julho, em todas as capitais), exame de aptidão física, exame médico, prova oral (somente para delegado), avaliação psicológica, avaliação de títulos (para delegado e perito), prova prática de digitação (apenas para escrivão), investigação social e curso de formação.

Fonte: Folha Dirigida

Link Quebrado?