Saiba a importância do binômio: português x tribunais

Posted on
Portugues-tribunais concurso publico

Português para Concursos

Comum em todos os concursos, português ganha um foco diferenciado para os tribunais, leiam esta matéria.

A disciplina de Língua Portuguesa está presente em todas as provas de praticamente todos os concursos públicos. Então, não haveria diferença de estudo da matéria dos demais certames para os dos tribunais? Não é bem assim, explica a professora do Nuce Concursos, Vanessa Alves. “Via de regra, as provas para os tribunais apresentam questões com maior teor de complexidade. Partindo desse pressuposto, as avaliações apresentam textos com um alto nível de interpretação e os tópicos da gramática são cobrados com mais rigor. Assim, elas ganharam a fama de difíceis e cansativas”.

Os assuntos principais a serem estudados são, em relação à morfologia, conjunções (valor semântico), pronomes e verbos. Já em sintaxe, os candidatos devem se dedicar à concordância, regência, crase e pontuação (sobretudo a vírgula). “Vale ressaltar que todos os conteúdos gramaticais estão aparecendo de forma ‘contextualizada’ nas provas. Isto é, a questão de gramática é cobrada a partir das ideias que constam no texto”, aponta Vanessa Alves.

Geralmente a organização das seleções na área jurídica fica ou com a Fundação Carlos Chagas ou com  Cespe/UnB. “A Fundação Carlos Chagas conta com uma equipe de profissionais qualificados para preparar a prova de Língua portuguesa, a qual  tende a vislumbrar textos dos principais periódicos do País e contempla com ênfase a interpretação textual. Já as provas do Cespe, além dos conhecimentos gramaticais, avaliam se os candidatos conseguem tecer relações entre as disciplinas do concurso, pois apresentam questões multidisciplinares”, analisa a professora.

E para quem vai prestar concursos para os tribunais, a professora Vanessa Alves faz duas recomedações: disciplina e exercícios. O concurseiro precisa estabelecer – e manter – uma quantidade determinada de estudos por dia. Treinar não somente a leitura, mas sobretudo a interpretação de texto, o que facilitará o entendimento das provas de Português e de outras matérias também. E não há como escapar. A melhor forma de se preparar é através de resolução de questões de provas anteriores.“Nessa perspectiva, faz-se necessário que o candidato tenha não só um banco de provas, mas também uma boa gramática e dicionário para auxiliar seus estudos. É importante salientar que a resolução diária de questões é fator crucial para o entendimento pleno dos assuntos presentes na disciplina de LínguaPortuguesa”, aconselha.

Para apoiar seus estudos acessem o post Vídeo-Aulas de Português

Por favor, caso tenha algum link quebrado(destino diferente ao desejado ou inexistente), favor acesse nosso Termo de Uso e preencha o formulário no final da página.