Será que o Governo Federal tem planos de contratar?

Posted on

Concursos Públicos Federais

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão(MPOG) pretende concluir até o dia 30 de abril o levantamento sobre os concursos públicos da administração federal direta: aqueles em andamento, os já homologados, os com prazo para expirar, os requisitados por meio de sentença judicial e aqueles não autorizados mas com demanda urgente.  Esta medida foi anunciada como parte dos esforços para cumprir a meta de corte de R$ 50 bilhões – ficam de fora  empresas estatais com orçamento próprio.

Depois dessa fase, terá início a análise “caso a caso” anunciada pelo governo federal e que poderá liberar a contratação e a publicação de editais para os órgãos que comprovarem necessidade imediata.  Para o professor Ernani Pimentel, presidente da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), é importante que os candidatos tenham em mente que o governo apenas suspendeu os concursos. A necessidade é mais evidente com a opção do governo por contratos temporários, apostar na terceirização e na renovação do prazo de validade de concursos. A criação de vagas temporárias é alvo de críticas da Anpac. “Esse contrato representa um custo mais elevado porque implica na realização de um concurso para contratar alguém por um prazo determinado e, depois, você vai ter que fazer outro concurso para contratar efetivamente”, explicou o presidente.

Leia mais em  Governo Federal contratará apenas Servidores Essenciais em 2011

Por favor, caso tenha algum link quebrado(destino diferente ao desejado ou inexistente), favor acesse nosso Termo de Uso e preencha o formulário no final da página.